18 de dez de 2012

Avatares

Caio Martins



















(img.: cvm-lucienne2001)


Ter-te transcorrido
como se fora um mago
devastando limites
de teus segredos
medos
universos
até gritares de impúdícia
os olhos feito lagos...

Só para, depois
- nos bares -
ver-te
de alto a baixo me olhares
desde convulsas galáxias,
chamares audaz
meu nome
como se foras dona
destas esquinas...

Avatares...
Loucas fantasias
de menina...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Na busca da excelência aprende-se mais com os inimigos que com os amigos. Estes festejam todas nossas besteiras e involuímos. Aqueles, criticam até nossos melhores acertos e nos superamos.

Categorias, temas e títulos

Seguidores